Nevoeiro

 

 

Nevoeiro

Uma cortina cinzenta...
Fria
Silenciosa
Misteriosa.
Cai sobre nós como um manto sobrenatural.
Alguns afirmam ser um portal.
Outros temem que seja fatal.
Nos envolve como um sereno cobertor.
Nos camufla
Nos isola
Nos deixa sozinhos.
E caminhando perdidos
Sem rumo
Sem compromisso.
Nos deslocamos para nosso próprio destino.
Cambaleando entre sentimentos e seus desdobramentos...
Nos confrontamos com nossas próprias escolhas.
E longe de tudo e de todos...
Somos instados a nos auto examinar.
Em meio a tanta névoa e obscuridade...
Cada detalhe se destaca vividamente.
Encaramos nossos próprios fantasmas...
Parte de nós, deixadas pra trás.
Abandonadas nos porões da memória.
Ganham vida as decisões que nos marcaram...
Que mudaram os rumos de nossa existência.
E ali travamos nossa própria batalha...
Um confronto íntimo e pessoal.
Verdadeiro
Intenso
Necessário
E inevitável.
Nele, nos vemos sem máscaras ou fantasias.
Não há o que esconder.
E diante desse embate...
Ressurgirmos mais conscientes de quem somos...
Nosso Eu real!
Que aflora sem correntes...
Em sua essência total.
E como um passe de Mágica...
Toda névoa se dissipa!
Nos deixando expostos...
Para assumir nossas responsabilidades!

DayseGhaya

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dinheiro

Compensações

Iniquidade