Serenando...







Serenando...

Paro
Me aquieto
Respiro
Medito.
Deixo a respiração se acalmar...
Os pensamentos adormecem...
As emoções repousarem suavemente.
E nesse aparente vazio...
Deixo o silêncio me guiar.
E escuto o som do vento...
Sussurros que revelaram intimidades.
Conhecimentos da natureza...
Da vida
Do Universo
De mim mesma!
E sinto a plenitude de uma ligação única...
Etérea...
Abrangente...
Unificada.
Estou no Todo.
Sou a essência.
Eterna viajante.
Do tempo
Espaço
Dimensões...
Sem identidade,
Mas reconhecida por todos.
Diluída na grande imensidão universal...
Vivifico a pluralidade na Unidade!


DayseGhaya

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Criação

Farol