Justiça


Equilíbrio Natural entre forças divergentes...
Disponibilidade igualitária de direitos e defesa...
Oportunidades iguais de exposição motivacional...
Empenho em busca da veracidade dos fatos.
Suporte de conhecimento amplo e real das Leis, Tradições e valores culturais...
Ética e bom senso nos princípios de julgamento...
Caráter neutro e reto da análise de todos os ângulos da situação em foco.
Certeza de amplitude de defesa das partes...
Exemplo de correção no diagnóstico das causas e seus efeitos na impetração da sentença.
Sensação de saciedade das
obrigações do cumprimento da ordem.
Sentimento de apaziguamento das almas em conflito interior, em busca de lisura e compensação dos seus direitos.
Saber que todos os que violam os limites do outro serão julgados e sentenciados com correção e imparcialidade!

DayseGhaya


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aldeia Global

Lavando a alma...

Somos feitos de quê?