Renascimento

Desencapar-se das materialidades ilusórias que nos desviam de nossas metas...
Aprender a virar a página, para que a nossa vida possa reescrever novos capítulos!
Despir-se das imposições que o Ego inventa para satisfazer seus caprichos egoístas!
Apagar todo o vestígio de uma existência que só trouxe desatinos, erros e sofrimentos.
Recomeçar uma nova história, sem medo de esquecer o passado, pois renascer é também esquecer...
Deixando os pesos e vícios de atitudes nocivas queimando na fogueira da renovação da alma.
O pó... a cinza... não precisa ser o fim.
Sempre existe calor e uma chama pronta para inflamar a ignição de uma nova existência, pronta para iluminar os novos horizontes a serem desbravados!

DayseGhaya

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aldeia Global

Lavando a alma...

Somos feitos de quê?