Os Mistérios do Tarot


Poder prever o que vai acontecer parece ser um sonho. Mas isso esbarra num dilema: o que fazer com essa informação??? Se falar, como falar, como lidar com isso???
Parece um superpoder, mas tem horas que parece uma maldição! Porque não temos como mudar algumas situações. Pessoas vem à você desesperadas ou apreensivas achando que você tem as chaves para a solução do problemas delas.... E absolutamente, não é isso!

O Tarot é um sistema de previsão que te propõe uma reflexão acima de tudo. Ele não é uma chave! Às vezes, até te traz mais perguntas... amplia suas perspectivas de tal forma, que te deixa diante de Caminhos que você precisa parar para analisar e escolher. Te mostra coisas que você não quer ver em si mesmo. Ou que a sua escolha pode te levar a um desastre!


Mas é um mergulho em si mesmo, um instrumento de autoconhecimento, sem sombra de dúvidas! Por isso, o tarólogo, deve passar por todo esse processo de autoconhecimento para estar apto a ajudar os outros. Conhecer-se profundamente e saber reconhecer os arquétipos de cada lâmina. Eu sempre digo que o tarot é uma “entidade”, muitas vezes fala o que quer, na verdade: o que precisa ser dito! E é muitas vezes o mais importante de toda a consulta.

Ele sempre está certo! Interpretá-lo é o nosso maior desafio e a melhor descoberta de todas! Ele é quem mostra os caminhos, mas só você pode segui-lo... ou não! A escolha é sempre sua. E o aprendizado só seu! Não há como não se apaixonar por algo que te mostra o que você precisa ver. O que fazer não é a missão dele, mas nossa! Ele só indica as prováveis consequências.

Dayse Nicodemos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Criação

Farol